Blog Lekan

Olá noivas queridas! Hoje vamos falar sobre uma atração à parte na festa de casamento: a mesa de doces! Isso mesmo: os doces são, junto com o bolo, uma das melhores partes da celebração. Quem é que não gosta de saborear um delicioso doce depois do jantar? Os doces agradam aos convidados de todas as idades e por isso merecem uma atenção especial no planejamento do casamento. Confira então algumas dicas para não errar nesta escolha.

Antes de começar a definir os doces, é necessária muita pesquisa. Conheça todas as opções e indicações de doceiras. Faça a degustação antes do casamento e, se possível, visite o local onde os doces são preparados. Tenha a certeza de que o lugar atende todas as normas de higiene!

Uma das missões mais complicadas é escolher os tipos de doces que deverão compor a mesa, mas antes disso cabe a tarefa de definir a quantidade ideal. Estamos vivendo em um período onde as pessoas estão se cuidando e evitando açúcar, e também não podemos desperdiçar, deixar muitas sobras. Mas o que não pode é faltar! Por isso, anote a dica: encomende o máximo de 6 doces por convidado, e caso haja outro tipo de sobremesa além dos doces – como taças servidas ou bolo – diminua esta quantidade para 5 doces por pessoa. Você até pode levar para casa alguns doces para comer no dia seguinte, mas não deve sobrar muito.

Para a escolha dos sabores, lembre-se: existem alguns clássicos que não podem faltar na festa de casamento. Doces de chocolate e brigadeiros clássicos revisitados são sempre os protagonistas, por isso não deixe de apostar neles, pois nunca perdem a majestade! Você pode também variar em outras opções com chocolate: trufas, copinho de chocolate com ganache e mousses, por exemplo.

Alguns doces agradam a praticamente todos os paladares. O camafeu é um deles: feito com nozes, é um dos doces mais tradicionais em casamentos. Você pode optar também por outras castanhas, como doces de amêndoas, macadâmia, avelã. Afinal, na hora de escolher os tipos, vale explorar todos os sabores!

Uma sugestão é reservar um cantinho para os doces menos calóricos e sem lactose. Muitos convidados podem ter restrição alimentar, e vão adorar saber que estão livres para saborear um docinho. Para os demais doces, não tenha medo de ousar. Sabores exóticos são muito bem-vindos, desde que você já conheça o sabor previamente através da degustação. Converse com a sua cerimonialista a respeito da boa armazenagem dos doces até o momento da festa. Isso é muito importante, já que cada um tem uma validade e um tipo de conservação diferente.

Mais uma observação importante: os docinhos devem ser pequenos, de preferência que possam ser comidos com uma mordida só. São mais práticos e não sujam. Mas é claro que há alguns que precisam ser de tamanhos maiores, principalmente os doces recheados, mas recomenda-se que não passe de duas mordidas.

Além dos doces, que ficarão disponíveis o tempo todo aos convidados e podem também ser servidos por garçons, há os bem-casados. Este capítulo é especialmente importante, já que os bem-casados significam a união e a felicidade do casal, e podem servir como lembrança aos convidados. Você pode encomendar até três por pessoa, para que os convidados comam durante a festa e ainda possam levar para casa. Mas caso deseje entregar somente como uma lembrança pode ser de um a dois por pessoa.

Agora, a dúvida é sobre a mesa de doces? Pois prepare-se para o nosso post da semana que vem: a gente vai contar tudo sobre como montar a mesa de doces perfeita! Caso você deseje mais informações sobre planejamento de casamentos, não hesite em entrar em contato conosco. Envie um e-mail para: contato@lekaneventos.com.br. Teremos o maior prazer em atender você!

Até a próxima semana!

 

Comentar

Olá noivinhas e noivinhos de plantão! Depois de falarmos bastante por aqui sobre Destination Wedding, agora chegou a vez de escrever um pouco sobre preparativos para o casamento! Afinal, o grande dia está chegando, e você ainda tem uma lista de coisas para pensar, não é mesmo? Por isso hoje vamos auxiliar você em um dos momentos mais divertidos pré-casamento: o chá da noiva!

Hoje em dia, há muitas formas de realizar o chá: desde o tradicional chá de panela, que agrada inclusive mães, tias e avós da noiva, até uma viagem entre amigas, como se fosse uma despedida de solteira. Na hora de planejar o chá da noiva, vale toda a criatividade do mundo. Fique atento às nossas dicas e planeje a festa que mais combina com seu estilo!

Nossa primeira dica é clássica: organize tudo com antecedência. Embora seja um evento relativamente simples, você não quer contar com imprevistos, não é mesmo? A gente sabe que os noivos estarão com a cabeça a mil com os preparativos do casório, por isso conte sempre com a ajuda das madrinhas. Elas poderão cuidar de cada detalhe do chá (independentemente do tipo de evento escolhido). Caso optem por uma festa mista, para homens e mulheres, como no caso do chá bar, os padrinhos também são bem-vindos na organização.

Escolha uma loja para deixar uma lista de presentes. Se preferir, coloque a sugestão do presente no convite, ou ainda crie uma página própria na internet para o chá da noiva. Você também pode providenciar divertidas lembrancinhas para os convidados, demonstrando gratidão pela presença de cada um no dia da festa.

Onde fazer o chá? Muitas noivas realizam em casa mesmo, ou no salão de festas do prédio. Mas há a opção de alugar um espaço mais amplo, e que dê privacidade para que os convidados possam realizar as brincadeiras características do chá. E quando realizar o evento? Escolha uma data próxima ao casamento, mas com a garantia de que haja tempo para que a noiva não se sobrecarregue com tantos preparativos.

A decoração do chá da noiva deve ser original e com personalidade, respeitando a paleta de cores escolhida. Em chás de lingeries, por exemplo, o vermelho e o preto são clássicos. No quesito comida, opte por finger food ou um coquetel prático, e a presença de bebidas alcóolicas é opcional (a não ser que seja um chá bar, onde o tema da festa inclui as bebidas).

Há vários tipos de chá de noiva, então escolha a comemoração que mais se adapta ao seu estilo:

Chá de panela ou chá de cozinha

É o tipo mais conhecido, desde os tempos de nossas avós. O objetivo do chá de cozinha é ajudar a noiva a montar a casa, especialmente com os utensílios de cozinha. Com o passar dos anos, o chá de cozinha passou a ser mais sofisticado, com decoração especial e listas de presentes mais elaboradas. Mas a ideia central do evento continua a mesma: reunir a família e as amigas (todas mulheres) para se divertir, com brincadeiras específicas.

Chá de lingerie

É como se fosse o oposto do chá de panela, já que muitas mulheres não gostam de associar o casamento com os cuidados domésticos. O chá de lingerie também é feito para reunir as amigas, pode ter uma decoração divertida e sexy, e tem como objetivo dar lingeries de presente para a noiva. O chá de lingerie já se tornou tradicional no Brasil, e um dos tipos de chá mais comuns entre as noivas.

Chá bar

O chá bar é um evento para reunir os amigos e amigas dos noivos, já que a festa é do casal. Os presentes são relacionados a bar, como bebidas, petisqueiras, baldes de gelo, taças e canecas de chopp, e dosador de bebidas. É também bastante tradicional no Brasil, mas ainda perde em popularidade para os chás de cozinha e de lingerie.

Chá temático

O chá temático também é feito para reunir os amigos do casal. Os noivos escolhem um tema que tenha a ver com sua personalidade e capricham na decoração do ambiente. É muito comum escolher o tema “boteco” para este tipo de evento.

Viagem entre amigas

A viagem entre amigas também pode servir como uma despedida de solteira. Muitas noivas optam pela viagem com madrinhas, mas há também quem decida comemorar com várias amigas convidadas. O destino depende do perfil do grupo de amigas: pode ser para uma praia, para outro país ou um cruzeiro.

Chá de barnela

É a mistura de dois tipos de chá: o de panela e do chá bar. A lista de presentes incorpora itens dos dois tipos de eventos, e a festa reúne homens e mulheres.

E você, já escolheu qual será o seu tipo de chá? Se você precisa de ajuda para os preparativos de seu casamento, a gente está aqui para o que der e vier! Mande um e-mail para contato@lekaneventos.com.br e conte conosco.

Comentar

Não faltam motivos para celebrar um casamento à beira-mar em Balneário Camboriú – SC. A cidade praiana é destaque em índices nacionais de qualidade de vida, e é cercada pela natureza exuberante, sem deixar de lado as facilidades urbanas. Por isso, a região é um dos locais mais frequentados do litoral catarinense no verão, e serve de cenário para os mais incríveis beach weddings.

Balneário Camboriú é considerada pelos banhistas como uma miniatura do Rio de Janeiro: além de ter um monumento homenageando o Cristo, a cidade oferece um teleférico semelhante ao bondinho do Pão de Açúcar. Um lugar perfeito para casar! Se você pensa em um Destination Wedding, esta região do litoral norte catarinense é uma opção charmosa. Confira 5 razões para você decidir celebrar a sua união em Balneário Camboriú:

– Para chegar até Balneário Camboriú, os convidados não terão grandes problemas. Há três aeroportos servindo a cidade, e o acesso por carro é feito pela BR-101. Ou seja, tanto para quem vem do norte, quanto do sul, seja de carro, de ônibus ou de avião, o trajeto é bem simples. A rede hoteleira é vasta, e você não terá problemas para conseguir hospedagem. Mas lembre-se sempre de fazer as reservas com antecedência.

– A decoração de um casamento na praia é mais descontraída, ainda mais quando o mar e a areia emoldurados pela Mata Atlântica servem como cenário principal. Seja para um mini wedding ou para uma festa tradicional, é inegável que a energia da praia garante um encanto especial à decoração.

– Casar na praia já traz a ideia de contar com um serviço gastronômico de alto potencial, pois os cardápios contam com frutos do mar frescos, em buffet ou finger food. Aposte nessa facilidade em seu Destination Wedding.

– Balneário Camboriú tem muitos locais requintados e de bom gosto para realização de cerimônias. São muitas opções de hotéis, pousadas, restaurantes, muitos com vista para o mar. Escolha um lugar confortável e elegante para celebrar seu casamento com pelo menos um ano de antecedência.

– Com a contratação de um organizador de eventos, você não precisará fazer nada sozinho. Todos os detalhes da organização da festa podem ficar com a empresa contratada. E essa é a principal razão para escolher celebrar na praia, pois além de ser um Destination Wedding, é também um casamento convencional, com todas as etapas de planejamento e burocracias usuais. Portanto, o profissional que cuidará da organização deve ser alguém experiente e empático, para fazer deste grande dia uma festa inesquecível.

Nós já escolhemos Balneário Camboriú como um dos nossos Destination Weedings favoritos. Quer conhecer mais razões para casar nesta região catarinense? Entre em contato conosco! Somos pioneiros em realização de destinos de casamento aqui em Passo Fundo. Solicite um orçamento: contato@lekaneventos.com.br, ou ligue para os telefones (54) 3311 7632 ou 3045 1828. Até a próxima!

 

Comentar

Mais uma semana se passou e a gente continua apresentando nossa série especial sobre Destination Wedding. E hoje vamos falar sobre um dos destinos mais queridos dos gaúchos: Florianópolis, ou simplesmente Floripa, como gostamos de chamá-la carinhosamente.

E por que será que Floripa é um dos destinos favoritos dos gaúchos? Porque nós, gaúchos, adoramos o litoral catarinense – pela proximidade e por ter a água mais quentinha do que nossas praias tradicionais. É raríssimo encontrarmos alguém que nunca tenha passado pelo menos um verão nas areias de Santa Catarina. E a ilha da magia, Florianópolis, é um dos lugares mais visitados.

A ilha encanta pela natureza exuberante, pela variedade de praias e por ter vários estilos de vida concentrados no mesmo pedacinho de terra. Para os casamentos então, Floripa é um prato cheio: desde os mini-weddings mais rústicos até os casamentões na beira da praia – tem para todos os gostos.

Se este é o seu desejo, saiba que casar neste paraíso pode ser muito simples, desde que tenha suporte profissional na escolha e na estrutura do evento. Há 42 praias na ilha, portanto decida qual o estilo de festa você quer fazer, e então escolha o local. Por exemplo, você prefere uma cerimônia na areia, em um hotel de frente para o mar ou um lugar fechado, longe da praia?

Com os detalhes em mente, não esqueça do clima: ele é o principal fator quando você decide realizar uma celebração ao ar livre. O ideal é ter sempre um planejamento para o caso de chuva: área coberta ou tenda, sem desconsiderar a decoração e sem apagar a beleza da paisagem natural.

Em todos os casos, a estação do ano é muito importante. Casamentos no inverno nem sempre são bem-vindos nas regiões sul do país, justamente por conta das temperaturas baixas. E é preciso ter atenção no verão, pois engarrafamentos na ilha são comuns em altas temporadas, dificultando a vida dos convidados.

Contrate um organizador de eventos, pois ele tem toda a experiência necessária para orientar o casal nessas decisões. É o organizador também que fica responsável por buscar a autorização com a prefeitura do local para a realização da cerimônia.

Fique atento também para o horário da festa: a celebração não poderá ser em um momento de muito sol, pois atrapalha a visão dos convidados. O final da tarde é o mais indicado, com a magnífica apresentação do pôr do sol ajudando a compor o cenário.

Um casamento na praia pede um cardápio leve, e por isso a escolha do buffet é importante. Dê preferência para alimentos locais, como peixes e frutos do mar.

Um dos detalhes mais importantes ao casar na praia é o traje dos noivos. O vestido de noiva deve levar em consideração a máxima: “menos é mais”. Tecidos leves e fluidos e sem pedraria são os modelos ideais. Além disso, a decoração também pode seguir a mesma linha discreta. Com uma paleta de cores claras e a escolha de apenas um tom de cor mais forte para dar a nuance perfeita, o cenário natural da areia e do mar complementam a decoração.

Por fim, as flores serão as estrelas da decoração. Para as celebrações na praia, aposte em flores menores e de cores mais suaves, com arranjos mais leves, porém resistentes a altas temperaturas. Se a festa for à noite, aí sim você pode usar arranjos mais volumosos e cores mais pesadas.

Enfim, um casamento no paraíso deve ser perfeito, portanto escolha a data e o cenário e deixe todo o resto por nossa conta… Somos pioneiros na organização de Destination Wedding na região de Passo Fundo!

Agende uma conversa conosco: nosso e-mail é contato@lekaneventos.com.br, e os telefones são (54) 3311-7632 e 3045-1828.

Até a próxima!

Comentar

Como já falamos bastante por aqui, um Destination Wedding pode ser uma linda opção para celebrar a união do casal. Basta escolher um destino e pronto! O que muita gente não sabe é que o Destination Wedding não precisa ser realizado somente fora do Brasil. Por aqui, há lugares incríveis que não deixam nada a desejar aos destinos estrangeiros. Hoje vamos falar um pouquinho sobre um desses locais!

Um dos cenários mais deslumbrantes de nossa terrinha tupiniquim fica a apenas 130 quilômetros de Porto Alegre, e oferece paisagens lindas, principalmente se os noivos adoram vinho e temperaturas mais amenas. Os vales, as montanhas e os imensos parreirais conferem um charme impressionante ao Vale dos Vinhedos, localizado no coração da Serra Gaúcha. O lugar é um dos preferidos dos casais que optam por realizar um Destination Wedding no Brasil.

Casando no Vale dos Vinhedos

O Vale dos Vinhedos é uma região formada pelos municípios de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul e Garibaldi. Os noivos podem decidir pelo melhor local ao fechar os pacotes de acomodação para os convidados, mas é interessante reservar a data com antecedência. As cidades têm menos de 100 mil habitantes e, portanto, as possibilidades de hotelaria fora do Vale ficam restritas.

E ao falar das paisagens… ah! Que lugar encantador! Não é à toa que o Vale dos Vinhedos é considerado a “Toscana brasileira”. Ao circular pelas estradas da região, os visitantes podem se sentir na verdadeira atmosfera italiana. O local ainda oferece um pôr-do-sol espetacular!

Você pode optar por um mini-wedding (onde o número de convidados é menor, e há redução de custos com decoração e hospedagem) ou por um casamento mais tradicional, com o número de convidados maior e uma cerimônia romântica, porém menos intimista. Lugares para realizar a celebração não vão faltar! Apenas repetindo, atente para o detalhe da antecedência na hora de efetuar as reservas de local e data.

No Vale dos Vinhedos, a melhor época para casar seguramente não é no inverno. O clima desconfortável nos meses de junho, julho e agosto podem tornar a experiência dos noivos e dos convidados desgastante. Por isso, esteja atento para os meses de meia estação (março, abril, maio, setembro, outubro): eles podem ser a melhor época para realizar o evento. O ápice do verão (dezembro, janeiro e fevereiro) pode ser uma escolha possível, mas esteja preparado para altas temperaturas na serra.

Independentemente do tamanho do evento, tenha em mente que a contratação de um serviço de organização de casamentos é fundamental. O organizador vai acompanhar os noivos em todas as fases de planejamento da festa, assegurando que seja o casamento dos sonhos. São muitos os detalhes que devem ser cuidados, e por isso ter um profissional a frente de tudo é uma garantia de menos estresse para os donos da festa. Se você está planejando casar ou tem dúvidas sobre a realização de um Destination Wedding, entre em contato com a gente: contato@lekaneventos.com.br ou ligue para os números (54) 3311-7632 e 3045-1828.

Até a próxima semana!

 

Comentar
1 2 5 6 7 8 9 10 11 12 13