Blog Lekan

Imagine uma data que será comemorada sempre no mesmo dia por muitos anos… A data do casamento é uma ocasião tão especial, que será lembrada e comemorada por muito tempo! Por esse motivo ela não deve ser escolhida ao acaso. Os noivos sabem muito bem da importância de uma boa data para o casamento, afinal este dia vai impactar não só a vida do casal, como também a preparação dos pais, padrinhos e convidados para o grande evento. Hoje, preparamos algumas dicas para não errar na escolha do dia mais especial da sua vida!

  • Preste atenção à estação do ano. Alguns meses são chuvosos e podem estragar seus planos caso queira casar ao ar livre, por exemplo. Por outro lado, dias muito quentes também podem ser uma tortura para os convidados ficarem ao sol. E há ainda, aqui no Rio Grande do Sul, aquelas épocas do ano em que o frio é insuportável. Por isso, pense bem na data e avalie se a estação ou época do ano é adequada para seu estilo de festa.
  • Se você pensou primeiro no local do casamento, a escolha da data deve respeitar a agenda disponível. Portanto, vá até o local onde pretende realizar o evento com bastante antecedência e garanta sua data. Caso o casal tenha uma data especial da qual não abrem mão (por exemplo: aniversário de namoro, ou no dia dos namorados), é necessário se antecipar ainda mais no agendamento do casamento.
  • Está em dúvidas sobre o dia da semana? Sábado é sempre o dia mais requisitado, e também o dia em que os convidados tem maior disponibilidade. Mas justamente por ser o dia mais procurado, é possível que você não encontre a data disponível no local do evento. Sem pânico! Casamentos às sextas-feiras também tem seu charme, e aos domingos – para quem deseja uma cerimônia ao ar livre, durante o dia – pode ser uma opção romântica.
  • Certifique-se de que seus convidados que moram longe poderão comparecer na data escolhida. Principalmente se a celebração for marcada para uma sexta-feira. Atenção também para feriados prolongados – são épocas em que muitos convidados não estarão disponíveis.
  • Escolha a data também de acordo com seu destino de lua de mel. Se você vai passar a lua de mel em Bariloche, por exemplo, terá de casar no inverno. Claro que isso não precisa ser regra, mas conciliar a viagem com o casamento em data adequada é sempre importante.
  • Faça a escolha da data de acordo com seu orçamento. Por que isso é importante? Por que nos meses mais populares para casamentos, os valores acabam ficando mais altos. Então, se você pretende economizar, avalie as opções de datas em que a procura seja menor, e assim você garante bons preços.
  • Itens que podem ser afetados com a escolha da data: as flores da decoração. Deixe para pensar nelas quando decidir a data. Flores da época são mais bonitas, além de não pesarem no bolso.

Gostou das dicas? A gente pode ajudar você com tudo que você precisa para o seu casamento! Converse com a gente: contato@lekaneventos.com.br. Até a próxima semana!

Comentar

Vestido branco, valsa, bolo e decoração dignos de uma princesa: fazer quinze anos é um marco na vida de todas as meninas, não é? Tradicionalmente eleito um dos eventos mais importantes para as famílias, a festa de 15 anos pode ser simples ou sofisticada, mas sempre encanta aos pais, aos convidados e principalmente a aniversariante.

A organização de uma festa de 15 anos não é uma tarefa tão simples, não! Por isso hoje vamos dar algumas dicas básicas para quem está planejando a comemoração do aniversário da filha. Confira:

Data e local

Não basta pensar apenas no vestido e no estilo da decoração: sem um bom local não há festa, não é mesmo? Então planeje-se. Pelo menos um ano antes escolha a data da festa e reserve o local. Visite os clubes e salões da cidade e da região, busque referências e contrate uma cerimonialista. Esse é o primeiro passo para então começar a definir os outros detalhes da festa!

Lista de Convidados e Convite

Com data, local e horário definidos, é hora de pensar na lista de convidados. Escolha criteriosamente os convidados, de acordo com o número de pessoas definido previamente. O convite da festa deve ter personalidade, sem deixar de lado a grandeza de um evento tradicional. Seja mais formal ou mais descontraído, o convite deve ser impresso com antecedência e entregue aos convidados pelo menos um mês antes da data. É interessante colocar no rodapé do convite um número de telefone ou e-mail para confirmação de presença. Esse procedimento é importante para confirmar o número de pessoas para a festa. O traje dos convidados também deve ser especificado.

Vestido

Para as meninas, este é um dos aspectos mais importantes de toda a festa. Portanto, planeje com pelo menos oito meses de antecedência a escolha do vestido. Há algumas aniversariantes que usam dois modelos, e por isso a questão do prazo é mais importante ainda, mesmo que os modelos sejam comprados prontos.

Escolha do cardápio

A comida é um dos elementos principais da festa, portanto o buffet também deve ser escolhido com certa antecedência: pelo menos três meses. Na festa de 15, é mais tradicional o cardápio incluir salgadinhos, coquetéis e um prato quente. Além disso, há os doces e o bolo. Agende degustações do cardápio e conte com a ajuda da cerimonialista para escolha dos doces. Defina como os convidados serão servidos, e então contrate profissionais para montagem da mesa de doces e garçons para servir.

Decoração

Aqui entra o estilo e o gosto pessoal da aniversariante. É muito comum, atualmente, fazer festas temáticas e criativas. Converse com um decorador: ele saberá traduzir em detalhes todos os desejos da aniversariante.

Vídeo e fotografia

Defina a empresa que fará a gravação da festa e escolha o fotógrafo. Busque referências e conheça o portfólio dos profissionais. Da mesma maneira, estes itens devem ser pensados com 6 meses de antecedência: a agenda destes profissionais geralmente é lotada.

Música

Ao optar por DJ, converse com ele detalhadamente sobre a lista de músicas. A festa de 15 não pode deixar de ter as últimas tendências musicais, mas o setlist também varia de acordo com a personalidade da aniversariante. Se sua filha gosta de rock, por exemplo, o repertório contempla mais músicas nesse ritmo. Há também a opção de contratar uma banda, o que confere personalidade à festa. Tudo deve ser planejado 6 meses antes.

Iluminação e telão

Uma boa iluminação confere efeitos visuais e uma atmosfera ideal para a festa de quinze anos. Contrate um bom profissional e certifique-se de que os equipamentos são de qualidade. O telão é opcional, mas é bastante comum nas festas, especialmente quando projetam vídeos da aniversariante. Além desses dois itens, a sonorização também tem que ser perfeita, para os momentos em que o microfone é necessário.

Lembranças

As lembrancinhas são sempre uma forma de deixar a marca da festa registrada no coração dos convidados. Mesmo que a lembrança seja comestível, como bombons em caixinhas decoradas, a recordação pode ser a própria caixinha. Máquinas de fotos também são bastante comuns nas festas de 15 anos. Pesquise tudo no mínimo três meses antes da festa.

Você viu que há muitos detalhes para serem pensados e organizados em um evento como este, não é? Pois se você tem dúvidas ou precisa de ajuda para organizar a festa dos seus sonhos, conte com a gente! Envie um e-mail para: contato@lekaneventos.com.br.

Na próxima semana, voltamos com mais dicas incríveis para seu evento memorável!

Comentar

Que seja doce! Na semana passada falamos aqui sobre um tema que merece toda a atenção dos noivos: a escolha dos doces! A mesa de doces é um dos cantinhos mais especiais da festa de casamento, e por isso deve ser planejada, assim como os outros detalhes da festa. Depois de escolher com carinho todos os doces que estarão na mesa e calcular a quantidade ideal, chega então a hora de pensar na montagem, que deverá ser harmônica com o restante da decoração.

Além de ser um espaço delicioso, a mesa de doces é um dos cenários mais fotografados da festa! É nela que estará o bolo, um dos destaques do casamento, seja fake ou comestível.  E para a decoração da mesa de doces, separamos algumas dicas importantes para você.

A primeira delas diz respeito à identificação dos doces: a ideia de colocar plaquinhas com informações sobre os sabores pode não estar tão em alta, mas na maioria das vezes é necessária. Afinal, nenhum convidado quer pegar um docinho sem ter certeza dos ingredientes. As plaquinhas podem inclusive evitar o desperdício, pois muitas pessoas poderiam morder o doce e, percebendo o sabor, deixá-lo de lado.

A mesa de doces deve ser encantadora aos olhos dos convidados. Qualquer detalhe mais charmoso faz toda a diferença, portanto deixe claro para o organizador do seu casamento tudo que você deseja em termos de decoração. Para os acessórios, invista em prata, cristal e muro inglês para festas tradicionais, e rattan se o estilo do casamento for rústico. Os suportes em prata combinam com quase todos os estilos. Cobre e dourado também conferem charme e sofisticação, e estão em alta nos casamentos. Não esqueça do acesso dos convidados à mesa: ela deve estar próxima da pista de dança.

Quanto ao agrupamento dos doces, use o bom senso. As torres de chocolate e brigadeiros devem estar juntas, por exemplo. O mesmo vale para os sabores semelhantes. O ideal é destinar 10% do espaço para os doces com frutas, 30% para os chocolates, e 60% para os docinhos tradicionais. É de bom tom deixar um garçom sempre por perto, para servir água ou espumante aos convidados ou ate mesmo estar perto da mesa de café. Docinho e café combinam muito.

Outra dúvida bastante comum é em relação ao tamanho da mesa. Se a mesa for muito grande, é importante ocupá-la por completo, para não dar a sensação desagradável de espaço vazio entre os doces. Já se ela for pequena demais, cuide para que a reposição dos doces seja eficaz e não sobrecarregue a mesa. Harmonia e equilíbrio são nossas palavras de ordem!

Em que momento a mesa deve ser montada? Combine com sua cerimonialista o horário ideal da organização da mesa de doces. O correto é que a comida não fique exposta muito tempo, portanto verifique questões como ar condicionado do local e clima.

E afinal, de quem é a responsabilidade de cuidar da mesa de doces, deixando a mesa sempre linda durante a festa? Da cerimonialista! É ela quem vai nominar a pessoa para atender a reposição dos doces e ter cuidado com a mesa. Este é o espaço da festa que estará disponível o tempo todo aos convidados, e por isso merece atenção exclusiva.

E se você simplesmente não quiser uma mesa de doces? Ok, sem problemas! Você pode se inspirar em eventos onde os doces ficam em um carrinho, colocar uma caixinha de doces variados na mesa dos convidados ou apenas designar os garçons para servi-los. Outra possibilidade interessante é ter várias estações de doces espalhadas pela festa. Afinal, você decide o que combina melhor com o estilo e personalidade da sua festa!

Quer ajuda no planejamento do seu casamento? A gente pode ser útil para você! Envie um e-mail para contato@lekaneventos.com.br e faça um evento memorável!

Até a próxima semana!

Foto de capa: Ron Lima

Comentar

Olá noivas queridas! Hoje vamos falar sobre uma atração à parte na festa de casamento: a mesa de doces! Isso mesmo: os doces são, junto com o bolo, uma das melhores partes da celebração. Quem é que não gosta de saborear um delicioso doce depois do jantar? Os doces agradam aos convidados de todas as idades e por isso merecem uma atenção especial no planejamento do casamento. Confira então algumas dicas para não errar nesta escolha.

Antes de começar a definir os doces, é necessária muita pesquisa. Conheça todas as opções e indicações de doceiras. Faça a degustação antes do casamento e, se possível, visite o local onde os doces são preparados. Tenha a certeza de que o lugar atende todas as normas de higiene!

Uma das missões mais complicadas é escolher os tipos de doces que deverão compor a mesa, mas antes disso cabe a tarefa de definir a quantidade ideal. Estamos vivendo em um período onde as pessoas estão se cuidando e evitando açúcar, e também não podemos desperdiçar, deixar muitas sobras. Mas o que não pode é faltar! Por isso, anote a dica: encomende o máximo de 6 doces por convidado, e caso haja outro tipo de sobremesa além dos doces – como taças servidas ou bolo – diminua esta quantidade para 5 doces por pessoa. Você até pode levar para casa alguns doces para comer no dia seguinte, mas não deve sobrar muito.

Para a escolha dos sabores, lembre-se: existem alguns clássicos que não podem faltar na festa de casamento. Doces de chocolate e brigadeiros clássicos revisitados são sempre os protagonistas, por isso não deixe de apostar neles, pois nunca perdem a majestade! Você pode também variar em outras opções com chocolate: trufas, copinho de chocolate com ganache e mousses, por exemplo.

Alguns doces agradam a praticamente todos os paladares. O camafeu é um deles: feito com nozes, é um dos doces mais tradicionais em casamentos. Você pode optar também por outras castanhas, como doces de amêndoas, macadâmia, avelã. Afinal, na hora de escolher os tipos, vale explorar todos os sabores!

Uma sugestão é reservar um cantinho para os doces menos calóricos e sem lactose. Muitos convidados podem ter restrição alimentar, e vão adorar saber que estão livres para saborear um docinho. Para os demais doces, não tenha medo de ousar. Sabores exóticos são muito bem-vindos, desde que você já conheça o sabor previamente através da degustação. Converse com a sua cerimonialista a respeito da boa armazenagem dos doces até o momento da festa. Isso é muito importante, já que cada um tem uma validade e um tipo de conservação diferente.

Mais uma observação importante: os docinhos devem ser pequenos, de preferência que possam ser comidos com uma mordida só. São mais práticos e não sujam. Mas é claro que há alguns que precisam ser de tamanhos maiores, principalmente os doces recheados, mas recomenda-se que não passe de duas mordidas.

Além dos doces, que ficarão disponíveis o tempo todo aos convidados e podem também ser servidos por garçons, há os bem-casados. Este capítulo é especialmente importante, já que os bem-casados significam a união e a felicidade do casal, e podem servir como lembrança aos convidados. Você pode encomendar até três por pessoa, para que os convidados comam durante a festa e ainda possam levar para casa. Mas caso deseje entregar somente como uma lembrança pode ser de um a dois por pessoa.

Agora, a dúvida é sobre a mesa de doces? Pois prepare-se para o nosso post da semana que vem: a gente vai contar tudo sobre como montar a mesa de doces perfeita! Caso você deseje mais informações sobre planejamento de casamentos, não hesite em entrar em contato conosco. Envie um e-mail para: contato@lekaneventos.com.br. Teremos o maior prazer em atender você!

Até a próxima semana!

 

Comentar

Olá noivinhas e noivinhos de plantão! Depois de falarmos bastante por aqui sobre Destination Wedding, agora chegou a vez de escrever um pouco sobre preparativos para o casamento! Afinal, o grande dia está chegando, e você ainda tem uma lista de coisas para pensar, não é mesmo? Por isso hoje vamos auxiliar você em um dos momentos mais divertidos pré-casamento: o chá da noiva!

Hoje em dia, há muitas formas de realizar o chá: desde o tradicional chá de panela, que agrada inclusive mães, tias e avós da noiva, até uma viagem entre amigas, como se fosse uma despedida de solteira. Na hora de planejar o chá da noiva, vale toda a criatividade do mundo. Fique atento às nossas dicas e planeje a festa que mais combina com seu estilo!

Nossa primeira dica é clássica: organize tudo com antecedência. Embora seja um evento relativamente simples, você não quer contar com imprevistos, não é mesmo? A gente sabe que os noivos estarão com a cabeça a mil com os preparativos do casório, por isso conte sempre com a ajuda das madrinhas. Elas poderão cuidar de cada detalhe do chá (independentemente do tipo de evento escolhido). Caso optem por uma festa mista, para homens e mulheres, como no caso do chá bar, os padrinhos também são bem-vindos na organização.

Escolha uma loja para deixar uma lista de presentes. Se preferir, coloque a sugestão do presente no convite, ou ainda crie uma página própria na internet para o chá da noiva. Você também pode providenciar divertidas lembrancinhas para os convidados, demonstrando gratidão pela presença de cada um no dia da festa.

Onde fazer o chá? Muitas noivas realizam em casa mesmo, ou no salão de festas do prédio. Mas há a opção de alugar um espaço mais amplo, e que dê privacidade para que os convidados possam realizar as brincadeiras características do chá. E quando realizar o evento? Escolha uma data próxima ao casamento, mas com a garantia de que haja tempo para que a noiva não se sobrecarregue com tantos preparativos.

A decoração do chá da noiva deve ser original e com personalidade, respeitando a paleta de cores escolhida. Em chás de lingeries, por exemplo, o vermelho e o preto são clássicos. No quesito comida, opte por finger food ou um coquetel prático, e a presença de bebidas alcóolicas é opcional (a não ser que seja um chá bar, onde o tema da festa inclui as bebidas).

Há vários tipos de chá de noiva, então escolha a comemoração que mais se adapta ao seu estilo:

Chá de panela ou chá de cozinha

É o tipo mais conhecido, desde os tempos de nossas avós. O objetivo do chá de cozinha é ajudar a noiva a montar a casa, especialmente com os utensílios de cozinha. Com o passar dos anos, o chá de cozinha passou a ser mais sofisticado, com decoração especial e listas de presentes mais elaboradas. Mas a ideia central do evento continua a mesma: reunir a família e as amigas (todas mulheres) para se divertir, com brincadeiras específicas.

Chá de lingerie

É como se fosse o oposto do chá de panela, já que muitas mulheres não gostam de associar o casamento com os cuidados domésticos. O chá de lingerie também é feito para reunir as amigas, pode ter uma decoração divertida e sexy, e tem como objetivo dar lingeries de presente para a noiva. O chá de lingerie já se tornou tradicional no Brasil, e um dos tipos de chá mais comuns entre as noivas.

Chá bar

O chá bar é um evento para reunir os amigos e amigas dos noivos, já que a festa é do casal. Os presentes são relacionados a bar, como bebidas, petisqueiras, baldes de gelo, taças e canecas de chopp, e dosador de bebidas. É também bastante tradicional no Brasil, mas ainda perde em popularidade para os chás de cozinha e de lingerie.

Chá temático

O chá temático também é feito para reunir os amigos do casal. Os noivos escolhem um tema que tenha a ver com sua personalidade e capricham na decoração do ambiente. É muito comum escolher o tema “boteco” para este tipo de evento.

Viagem entre amigas

A viagem entre amigas também pode servir como uma despedida de solteira. Muitas noivas optam pela viagem com madrinhas, mas há também quem decida comemorar com várias amigas convidadas. O destino depende do perfil do grupo de amigas: pode ser para uma praia, para outro país ou um cruzeiro.

Chá de barnela

É a mistura de dois tipos de chá: o de panela e do chá bar. A lista de presentes incorpora itens dos dois tipos de eventos, e a festa reúne homens e mulheres.

E você, já escolheu qual será o seu tipo de chá? Se você precisa de ajuda para os preparativos de seu casamento, a gente está aqui para o que der e vier! Mande um e-mail para contato@lekaneventos.com.br e conte conosco.

Comentar
1 2 3 4 5 6 7 8 9